terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Semana de moda de Nova York Parte 1


Está rolando a Mercedes-Benz Fashion Week, conhecida também como a semana de moda de New York. Começou dia 06 de fevereiro e vai até o dia 13. A temporada é de outono inverno 2015. E como em breve será inverno nas terrinhas brasileiras, vale buscar inspiração nos desfiles e conferir o que será tendência por lá. Separei o que mais gostei dos três primeiros dias. Vem comigo ;)

1º dia 06/02/2014
                                                             Marissa Webb 

O primeiro dia de desfiles gostei apenas da coleção apresentada pela estilista Marissa Webb, que trabalhou por anos na J. Crew. As peças estão lindas, há um jogo diverto de proporções e cores elegantes e práticas com o cinza, preto, branco, rosa claro e vermelho.

2º dia 07/02/2014
                                                                     Peterson 
Peterson apresentou uma coleção rica em prints, desde de estampas de animais a poas e digitais. Shape amplo, mas com caimento feminino. O ponto alta do coleção são os Trench Coats, ora lisos e com botões grandes, ora estampados . 

                                                                  Kate Spade 
Kate Spade trouxe uma coleção übercolorida, sugerindo a volta do color blocking. O sape é ultra feminino e passeia pelo anos 20. O ponto alto da coleção fica para estampa animal print e os laços que parecem em acessórios e até mesmo como estampa.

                                                          Cushnie et Ochs 
Cushnie et Ochs apresentou sua coleção com referências nas vestimentas tradicionais do Texas essa pegada contutry pode ser vistas no tradicional chapéu de caubói e na mulher fatal que se apresenta sexy e segura. A cartela de cores é preta e branca com pitadas de verde. O ponto alto da coleção fica com os ilhós trabalhados nos vestidos e nas rendas. 

                                                              Nicole Miller 
Depois de saber a inspiração da coleção apresentada por Nicole Miller, entendi porque gostei tanto: “mulheres fortes e guerreiras”. A cartela de cores brinca com os tons de preto. O ponto alto da coleção está no mix de texturas, plumas, penas, couro e franjas. Tudo muito feminino, mas sem a aparencia de fragilidade. Amei!

3º dia 08/02/2013
                                                                      Lacoste 
A Lacoste seguiu sua fama de esporte fino e apresentou uma coleção com shape amplo e confortável. A cartela de cores é neutra com pontos de cores em azul marinho e burgundy. Há muito trabalho com zipers  e a saia de patinadora.

                                                                    Jil Stuart 




Jil Stuart apresentou uma coleção jovem, com muita transparência, brilho e estampas divertidas. O ponto alto fica para o corte em A que confere um silhueta feminina. A cartela de cores utilizada tem muito preto, branco, dourado, burgundy e azul marinho.

                                                                 Hervé leger 


A Hervé Leger trouxe uma coleção rica em assimetrias e recortes. O ponto alto fica para os vestidos bandage, e o trabalho com plumas. O mix de texturas do tecido revela couro, renda, veludo e aplicações.  As cores que se destacam são o nude, o laranja e o preto. 

                                                            Prabal Gurung  
A Prabal apresentou uma coleção rica em assimetria, recortes e sobreposições. O ponto alto da coleção se divide em dois momentos, os conjuntos coordenados e os vestidos de festa que cobrem a pele e revelam ao mesmo tempo.

                                                                   Altuzarra   
 A Altuzarra continua inovando ao mesclar o moderno com peças clássicas. Essa temporada vem com cores sóbrias com o preto e o branco, e uma leve salpicada de azul e laranja. O ponto alto da coleção se dá na cartela de azuis, que ora se apresenta escuro e fechado e ora se apresenta claro. Ivan Aguilar

                                                               Ivan Aguilar   
Ivan Aguilar, brasileiro e estreante nas passarelas de New York, desfilou uma coleção inspirada na arquitetura de Barcelona, na arte barroca e em minerais e pedras preciosas típicos do Brasil. O ponto alto fica para os detalhes femininos como cintura marcada e fluidez, além de peças estruturadas, com golas e mangas valorizadas.

                                                  Alexandre Herchovict   
Alexandre Herchovich apresentou a mesma coleção já desfilada no SPFW temporada de outono inverno 2014. O que me deixa alegre pois siginfica que seu público brasileiro tem a mesma valoração. E como eu já disse antes a inspiração vem das camisolas antigas e a era Vitoriana. Mesmo com esse mood board mais antigo, a coleção não fugiu dos traços modernos do estilista.

Bom meninas, esse foi o balanço dos três primeiros dias. Meus favoritos por enquanto
 são Jil Stuart, Nicole Miller e Marissa Webb. E o seu?

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...